12 de jan de 2011

Feliz Aniversário, Belém!


Túneo de mangueiras
Açaí
Cupuaçu
Círio de Nazaré
Boto
Ver - o - Peso
Égua!!!
Pai D'égua
Manga
Pororoca
Miriti
Carimbó
Patchouli


Hoje minha cidade morena completa 395 aninhos e eu não poderia deixar de lhe fazer uma homenagem pai d'égua (rs).


Flor do Grão Pará - Lucinha Bastos
Composição: Chico Sena

Sim, eu tenho a cara do Pará
O calor do carimbó
O uirapuru que sonha
Sou muito mais,
Eu sou,
Amazônia
Rosa flor vem plantar mangueira
E o cheira_cheira do tacacá
Meu amor ata a baladeira
E balança a beira do rio mar
Belém, Belém acordou a feira
Que é bem na beira do Guajará
Belém, Belém, menina morena
Vem ver-o-peso do meu cantar
Belém, Belém és minha bandeira
És a flor que cheira do Grão Pará
Belém, Belém do Paranatinga
Do bar do parque do bafafá
Bentivi, sabiá, palmeira
Não dá baladeira
Deixa voar
Belém, Belém acordou a feira
Que é bem na beira do Guajará
Belém, Belém, menina morena
Vem ver-o-peso do meu cantar
Belém, Belém és minha bandeira
És a flor que cheira do Grão Pará


FELIZ ANIVERSÁRIO, MINHA CIDADE MORENA!

Um comentário:

Dom Rafa disse...

Parabéns pra sua cidade! Agora... explica pro leigo aqui, o que tem a ver AÇAÍ com PATCHOULI? Pra mim, Patchouli é coisa de guru nepalês... Tem muito guru nepalês em Belém?

Beijos!!!